FTK

FasTracKids: método que acelera o desenvolvimento infantil

Rede possui conceitos inovadores para o enriquecimento educacional É comum escutar os adultos dizerem que as crianças de hoje são mais espertas, ágeis e aprendem mais rápido do que na época deles. Isso realmente pode ser comprovado, mas será que os bebês da atualidade já nascem mais inteligentes? Na verdade, as crianças do século XXI … Continue reading

Rede possui conceitos inovadores para o enriquecimento educacional

É comum escutar os adultos dizerem que as crianças de hoje são mais espertas, ágeis e aprendem mais rápido do que na época deles. Isso realmente pode ser comprovado, mas será que os bebês da atualidade já nascem mais inteligentes?

Na verdade, as crianças do século XXI nascem e convivem com diversas novidades e avanços tecnológicos desde o primeiro instante. Este estímulo contínuo as torna mais rápidas na absorção dos conhecimentos.

Há em especial, uma fase da vida infantil que é muito importante para o desenvolvimento, a primeira infância. Nos primeiros 08 anos de vida, a criança desenvolve diversos recursos sensoriais, motores, de compreensão, consciência e define sua personalidade.

Neste período, 80% das conexões neurais são formadas, por isso, é um momento riquíssimo que deve ser aproveitado para estimular a capacidade de desenvolvimento da criança. O FasTracKids é um método educacional norte-americano que visa aflorar exatamente o desenvolvimento cognitivo infantil e o prazer por aprender nesta etapa.

Através de atividades extracurriculares que atendem crianças entre 06 meses e 08 anos são transmitidas informações que abrangem desde astronomia a lições de vida. Todo o conteúdo é trabalhado respeitando a percepção da criança e seu tempo de concentração.

As atividades duram 02 horas por semana num programa modular com término após 24 meses consecutivos. E durante o tempo que está no FasTracKids a criança é exposta a diversas situações e assuntos através de uma abordagem multi-sensorial (auditiva, visual, tátil e sinestésica) de ensino.

As 12 matérias que compõe o curso são: Biologia, Criatividade, Tecnologia, Planeta Terra, Metas e Lições de Vida, Astronomia, Matemática, Literatura, Ciências Naturais, Oratória, Teatro e Artes, Comunicação e Economia.

As crianças aprendem a aprender e descobrem o prazer de absorver novas informações de forma lúdica e divertida. O uso de aulas planejadas aplicadas por professores certificados para o curso e uma estação de aprendizagem interativa facilita o intercâmbio entre aluno e educador e torna o processo muito mais interessante.

Além disso, é utilizado o recurso de gravação em que os pequenos são filmados apresentando o conteúdo que descobriram durante os momentos da aula. Ao se ver no vídeo eles percebem a importância de se comunicar com frases completas, aumentam seu vocabulário para se expressar melhor, aprendem a organizar os pensamentos e pensar antes de falar.

Algumas crianças do FasTracKids ainda não frequentam a escola formal, mas quando ingressarem na vida escolar, vão demonstrar maior facilidade no aprendizado. Outro diferencial relevante é que são incluídas atividades que não estão na educação tradicional como astronomia, economia, metas e lições de vida. Desta forma, a criança aprende a tomar decisões e eleger prioridades.

As cobranças quanto ao conhecimento só tendem a aumentar. Quanto mais estimuladas as crianças forem, mais aptas se tornarão para lidar com diferentes situações e problemas na vida adulta.

Sobre a Rede:

O FasTracKids Internacional existe há mais de 10 anos e atualmente está sediado no Estado Norte-Americano do Colorado. Presente em 53 países pelo mundo e traduzido para 17 idiomas, proporciona e inspira as crianças a aprenderem por meio de descobertas e experiências.

A primeira franquia brasileira foi inaugurada em 2007 em Recife. Atualmente, mais 04 unidades foram agregadas à rede, 03 em São Paulo e em breve 01 em Brasília. O plano de expansão da rede prevê abertura de 20 unidades até 2011 e cerca de 50 ao longo dos próximos 05 anos.

Ir para o site da notícia


Comments are closed.